Li na parede

commitlegit
commitlegit

Li entre chinesadas

aquilo que sei ser

uma confissão esperada

antes do anoitecer

sabendo eu temer

o que se quer saber

o que dou a ver

dou as palmas a ler

as palavras a bater

os olhos a tecer

Certezas de doer

Confissões, levem-nas

que eu sou só e apenas

só, e não somente eu

sou mais e além de mim

sou extraordinário, ponte

sou, na verdade tão bom

que não presto para atenções,

que não me presto a pressões,

que me sujeito a acabar pronta

e rapidamente com a questão

que se responde a ela própria.

Sou como tantos, amado como nenhum

Sou amante de homens, sou só mais um

o que eu sou qualquer um pode saber,

mas do meu coração apenas eu sei

GJ