“A noite cerca a mão inteligente do homem que possui uma cabeça transparente”

A noite cerca a mão inteligente do homem que possui uma cabeça transparente.

Em redor dele chove.

Podemos adivinhar uma chuva espessa, negra, plúmbea.

Depois, o homem abre a mão, uma laranja surge, esvoaça.

As cidades (como em todos os livros que li) ardem. Incêndios que destroem o último coração do sonho.

Mas aquele que se veste com a pele porosa da sua própria escrita olha, absorto, a laranja.

Al Berto

sun_planets_mars_digital_art_hd-wallpaper-503516   3

GJ

Anúncios

É possível que esteja só a arder

É possível que esteja só a arder por dentro até arder por completo, tal como uma gigante vermelha. Ardido pelas memórias, pela dor, pela culpa de ser quem sou, pelo arrependimento e pela vergonha de querer deixar de ter o que me trouxe, no final, à vida.
É possível que esteja só a arder por dentro até arder por completo, tal como uma gigante vermelha. Ardido pelas memórias, pela dor, pela culpa de ser quem sou, pelo arrependimento e pela vergonha de querer deixar de ter o que me trouxe, no final, à vida.