Lisboa

Tu, nem casa, nem nada!

Tu, casa de defuntos,

seduzes à chegada

e fazes-nos vagabundos.

 

Lisboa é dos vagabundos.

Porém, não são assunto.

 

GJ

Anúncios