Sereno

Tenho começo em mim,

no interior inaudito,

porque inescrutável.

Sem erguer escudo

retenho inertes

danos casuais.

Contenho ecos,

nada mais.

Onde começo,

é ignoto pólo,

tal o segredo

de ser inteiro.

O segredo

é sereno.

Manifestação grande

de silêncio intenso.

GJ

Comentários

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s